Relatório das Atividades junto ao povo A’uwẽ Uptabi-Xavante.

No dia 06 de Junho do ano em curso, a gestão escolar Nova Suiá Vanda Cardoso e o agente de pastoral José Gomes visitaram as aldeias: Pedaré e Êtetsimarã da etnia Xavante. Na visita estiveram presentes as assessoras: Pedagógica Carmelúcia Aguiar e os Psicólogos Maíra Milhomem e Bruno Viana, da secretaria de Educação de São Félix do Araguaia. O cacique da aldeia Pedaré o senhor Artur, reuniu toda comunidade de baixo de uma árvore de jatobá e ressaltou à necessidade e a urgência de se ter um poço artesiano para o abastecimento de água potável na aldeia. Na sequência, o cacique solicitou o apoio dos agentes no sentido de cobrarem da Energisa o fornecimento de energia na aldeia.

Os professores ainda informaram que, tem utilizado a sala de aula da nova escola, e que a mesma precisa de um quadro onde possam escrever a giz. O responsável pelo preparo da merenda dos alunos e da limpeza, informou a dificuldade existente no desempenho das suas tarefas, por causa da escassez da água e da distância de aproximadamente 1,5km até à nascente para se obter água.

No mesmo dia foram entregues alguns livros de cunho pedagógico, da cultura xavante, e foram organizados alguns documentos dos alunos e professores.

Em seguida, foram até aldeia Êtetsimarã, onde o cacique responsável, o senhor Domingos já aguardava com todos os professores. No local uma sala de aula feita de madeira e de telha de amianto acolheu o encontro. No momento, a secretária de educação de São Félix do Araguaia, garantiu que, ainda este ano será construída uma nova escola com material de alvenaria, e a mesma contará com uma sala, cozinha e refeitório, sendo que aldeia já possui energia elétrica e água potável.

No encontro, também foi feita a proposta de dar início a uma turma de Educação para Jovens e adultos da comunidade. O professor Emanuel, ficou responsável pela organização da documentação de todos os alunos. Já a coordenadora Carmem, sugeriu o pedido de um computador e uma impressora para que os professores possam realizar as atividades pedagógicas e posteriormente analisarem a possibilidade de instalar internet na comunidade. Quanto aos materiais pedagógicos; estão sendo fornecidos em parceria com a Rede de Educação Saberes Indígenas -Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) e impressos pela secretaria de educação.

No final os agentes encerraram atividade do dia com o povo A’uwẽ Uptabi/Xavante, onde à professora coordenadora do projeto Muxirum recebeu presente das mãos do   cacique Domingos.

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin