Palavra do Bispo

No dia 17 de outubro passado, devido à pandemia, pela primeira vez realizamos uma Assembleia do Povo de Deus virtual. Em lugar dos três dias como é costume, a assembleia aconteceu num único dia.

Às 8.30 horas iniciamos com a oração, animada pela equipe diocesana de animação litúrgica. O objetivo desta assembleia foi retomar os encaminhamentos da assembleia de 2019, no ano do jubileu dos 50 anos da Prelazia. Por causa da pandemia não foi possível realizar as atividades deste ano conforme o planejado. Procuramos assim avaliar quanto foi realizado ao longo do ano e planejar as atividades para o ano que vem, com a esperança que a pandemia seja superada.

Depois da memória da assembleia de 2019, o Pe. Alex apresentou uma síntese das avaliações feitas nos regionais. No primeiro semestre a pandemia criou graves dificuldades e paralisou em boa parte o trabalho pastoral, a maioria dos regionais dando prioridade ao atendimento das pessoas mais necessitadas. Neste campo foi feito muito trabalho.

Na segunda parte do ano, com a ajuda das plataformas virtuais e da internet, o trabalho pastoral foi retomado gradativamente, tendo como destaque a etapa da Escola de Teologia que foi realizada regularmente de forma virtual. Assim, com a ajuda das redes e retomando parcialmente as atividades presenciais com os devidos cuidados, foi possível dar conta de uma boa parte das atividades pastorais. Ao longo do ano foram muito pouco trabalhados os documentos do Sínodo para a Amazônia e apareceu uma Igreja ainda bastante voltada para si mesma e não tanto em saída para as periferias. Vimos que é necessário melhorar a nossa comunicação usando melhor os meios hoje disponíveis e liberando pelo menos uma pessoa que cuide especificamente deste campo.

Em seguida foi apresentada a situação da Prelazia neste final de ano e algumas perspectivas para o ano que vem quanto aos agentes de pastoral, às pastorais e às estruturas. Apareceu mais uma vez o problema de uma contínua troca de agentes de pastoral, dando descontinuidade ao trabalho pastoral. Em seguida vimos como dar mais passos na organização das áreas pastorais, da equipe de coordenação da pastoral da Prelazia e do Conselho de Assuntos Econômicos. A parte da tarde foi dedicada à apresentação de vários assuntos, entre eles as Santas Missões, que por causa da pandemia foram adiadas sem data prevista, como também ficou em dúvida a realização da Romaria dos Mártires para 2021. Entre os assuntos tratados, foi apresentado o avanço na organização da contabilidade da Prelazia e os projetos aprovados ou em aprovação da CPT, do CIMI e do Centro dos Direitos Humanos.

Antes do término da Assembleia foi feito um esboço do calendário para 2021, com a incerteza quanto ao desenrolar da pandemia. O calendário será entregue antes do final do ano.

Finalizamos às 17.30 horas com um canto a Nossa Senhora, pedindo que caminhe conosco no compromisso de dar testemunho do Reino do seu Filho Jesus.

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin